O resgate do romance pós-maternidade

Atualizado: Mar 4


Você já deve ter ouvido alguém te dizer assim: “aproveita, depois que nascer não é a mesma coisa”... ou então: “já fizeram tudo que queriam? Com filhos a vida à dois já era” ... e por aí vai. Esse artigo é justamente para provar que, existe sim, vida amorosa pós-maternidade.


Mas antes, um recado: não é obrigação da mulher apenas resgatar e manter as chamas acesas! O homem tem papel fundamental e DEVE fazer sua parte.


A primeira dica é para os papais: converse com um especialista. É preciso entender o período de puerpério (consequências no corpo da mulher pós-parto). Se aprofunde no assunto, é um momento complicado, cheio de dúvidas e angústias, seja parceiro e ajude-a nessa fase.


Dito isso, vamos as dicas que valem para o CASAL:


• Que tal reservar uma noite da semana para fazer um jantarzinho romântico em casa? Não precisa ser nada elaborado, apenas uma vela, uma mesa arrumada com muito carinho e pronto!! Na correria da semana, esquecemos de ter um dia reservado para o casal. Experimente colocar o bebê para dormir um pouco mais cedo para aproveitar melhor o momento.


• Escolha um dia da semana para o casal. Combine com alguém de confiança

(normalmente as vovós e os vovôs são bastante acionados) e deixe o bebê lá. Mesmo com a correria do dia-a-dia, tente fazer um programinha à dois, um cinema, um teatro, ou qualquer outro programa que vocês gostavam de fazer antes da chegada do bebê.




• É normal que as relações sexuais sofram consequências nesse momento. Chegou a hora de apimentar a relação. Que tal renovar as roupas íntimas? Cada parceiro(a) sabe o que atiça o outro. Não tenha vergonha, deixe a criatividade fluir e saia da rotina. Vale um corte de cabelo novo, uma barba bem cuidada (ou a ausência dela, caso a parceira prefira). Desenvolva o hábito de ler mais sobre o tema. O sexo é um vasto campo a se explorar, ao contrário do que muitos pensam, não é só coisa de gente jovem. Se bem explorado, fica muito melhor com a maturidade!


• Evite conversas pesadas. É claro que uma relação é feita de cumplicidade e você pode e deve dividir seus problemas em casal. Mas se não for nada urgente, deixe para outro momento. Aproveite todo o tempo que vocês têm juntos para viver o romance. A criança é um fruto desse amor e a paixão não pode ficar de lado jamais!


• Flores, chocolates e qualquer outra coisa que você sabe que vai agradar: não hesite, use e abuse desses presentinhos fora de época! Não espere apenas datas comemorativas para presentear. Sentiu vontade? Vai lá e faz! Uma surpresa é sempre bem-vinda e surte efeitos maravilhosos!


• Que tal voltar ao início do namoro? Tenho certeza que em algum momento vocês trocavam bilhetinhos carinhosos e provocantes. Explore a tecnologia que existe em suas mãos para elogiar, provocar (vale palavras e imagens, fica a dica). Mas não esqueça dos métodos tradicionais: um recadinho no vidro do espelho, um bilhetinho na bolsa do trabalho, uma ligação inesperada...


Portanto, não existe desculpas para a relação esfriar. Se existe carinho, amor e respeito, pode ter certeza, tem paixão e desejo. O que se precisa fazer é estimular o outro que a mágica acontece!


Mas lembre-se: quando um não ajuda, dois não namoram!

0 visualização

Razão Social: Amor de Leite

CNPJ: 36.456.147/0001-38

Endereço comercial: Rua Coronel Cota, 63 - Rio de Janeiro/ RJ   Brasil

Prazo de envio (padrão): até 5 dias úteis após a confirmação de pagamento.